95% dos emails são SPAM

Estudo da companhia Barracuda Networks revela que 1 bilhão de mensagens são enviadas por dia a 50 mil clientes no mundo.

Apenas neste ano (2007) foi constatado que 95% de todos os e-mails enviados no mundo eram spam. O nível registrado em 2007, supera o levantado em 2006, quando as taxas de spam eram variáveis entre 85% a 90%, do volume de e-mails enviados. Em 2001, a taxa de spam era de apenas 5%.

SPAM

O estudo mostrou ainda o Ranking mundial dos maiores dissipadores de spam. O Brasil ficou em quinto, com com 3,7% de todas as mensagens não solicitadas. Os Estados Unidos estão em primeiro, com 28,4% dessas mensagens, seguidos pelos da Coréia do Sul, com 5,2%.

De fato o número de Spams que recebo no email da empresa é assombroso. Há dias em que minha caixa de Spams fica com mais de 100 mensagens. No meu email pessoal o número de Spams é um pouco menor, mas tem a aumentado bastande nos últimos tempos.

E os spams não se resumem apenas a email. Recentemente recebi um comentário no meu antigo blog com uma mensagem não solicitada. Até no PicasaWeb já recebi um monte de spams. Isso sem falar da época em que eu tinha perfil no Orkut – centenas de mensagens e scraps com conteúdo duvidoso, me assombravam quase que diariamente.

Mensagens com os famosos “clique aqui para ver as fotos” ou “você acaba de receber um cartão. Clique para visualizar seu cartão”, são comuns. E o mais incrível, é que elas realmente funcionam. Ainda tem gente curiosa o suficiente para clicar em links com os dizeres “veja fotos da Britney Spears nua” ou coisa do tipo. Com isso, o usuário “inocente” acaba infectando seu PC, e assim entra pro ranking dos enviadores de spams. (Por exemplo, um PC brasileiro infectado por um vírus russo pode enviar spams para vários lugares diferentes.)

Para diminuir o números de Spams, deveríamos copiar o exemplo do Canadá, que havia ficado em segundo lugar em 2004, saiu da lista e hoje é responsável por 0,8%, graças ao esforço promovido pelo plano de ação anti-spam, iniciado há três anos.

Blogged with Flock

Tags:,

Visite meu novo site:

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *