Dicas para personalizar o Firefox

Não me canso de dizer que o Firefox é o meu browser preferido. Desde que passei a usá-lo, me surpreendo constantemente com seus inúmeros recursos. As coisas que mais me impressionam no Firefox, são a velocidade de navegação e a capacidade de personalização que ele disponibiliza. Centenas de temas e complementos disponíveis na página oficial, ajudam a deixar o Firefox com a cara do usuário. Além dos temas e complementos, o browser ainda possibilita que o usuário altere as configurações do funcionamento de sua engine.

Firefox

Na minha busca por informações interessantes para esse post, esbarrei com o extinto blog português “Softwares Legais”. O blog apresenta dicas simples de se implementar, e que prometem deixar a navegação com o browser da Mozilla ainda mais rápida e funcional. Segue o post na íntegra (acrescentei algumas coisinhas, e extraí outras, mas nada que comprometa a conteúdo):

 

O que eu proponho não é nada de extraordinário, mas pode ajudar a melhorar a sua navegação pela Internet. São passos simples de executar e que podem facilitar a sua vida. Para alguns de vocês não será novidade e até já devem ter essas opções ativadas, mas para os outros pode ser a descoberta da galinha dos ovos de ouro. Testem sem medo que não vos vai fazer mal!

* Mais espaço na tela. Torne os seus ícones menores. Vá em “Exibir” > “Barras de Ferramentas” > “Personalizar…” e ative a caixa “Ícones Pequenos”.

* Smart keywords. Se existe uma pesquisa que utilize com frequência (por exemplo na pesquisa do Google), esta dica é fenomenal! Clique com o botão direito do mouse na caixa de pesquisa [dentro da página do google] e selecionem “Criar Palavra-Chave de Pesquisa”, atribua-lhe um nome sugestivo, de fácil lembrança e de fácil utilização ( por exemplo: “google”) e salve. Agora, sempre que queira pesquisar o nome de um ator, basta clicar na barra de endereço do Firefox, escrever “google” e completar com pesquisa que procuram. Pesquisa instantânea! E podem fazer isto em qualquer caixa de pesquisa.

* Atalhos do teclado. Por estar habituado a utilizar o mouse, esta dica pode demorar um pouco a entrar na sua rotina, mas depois de a começar a usar não vai querer outra coisa. E vai facilitar a navegação pelas páginas. Seguem alguns atalhos mais comuns:

  • Espaço (descer uma página) Shif+Espaço (subir uma página)
  • Ctrl+F (pesquisar)
  • Alt-N (pesquisar seguinte)
  • Ctrl+D (criar favorito da página atual)
  • Ctrl+T (nova tab)
  • Ctrl+K (acessar a caixa de pesquisa)
  • Ctrl+L (acessar a caixa de endereço)
  • Ctrl+= (aumentar o tamanho do texto das páginas)
  • Ctrl+- (diminuir o tamanho do texto das páginas)
  • Ctrl-W (fechar tab)
  • F5 (Atualizar/Recarregar Página)
  • Alt+Home (ir à home page)

* Auto-completar. Este é outro atalho de teclado, mas por não ser muito conhecido ficou num ponto à parte. Clique na barra de endereço (Control+L) e escreva o nome do site onde pretende ir, mas sem o “www” ou o “.com”. Por exemplo, “via6”. Depois, tecle Control+Enter, e o Firefox preenche automaticamente o “www” e o “.com” e abre a página “www.via6.com”. Para os endereços “.net” tecle Shift+Enter e para os endereços “.org” tecle Ctrl+Shift+Enter.

* Navegação nas tabs. Em vez de usar o mouse para navegar entre as diferentes tabs que estiverem abertas, pode-se usar o teclado para facilitar essa tarefa. E os atalhos são:

  • Ctrl+Tab (seguir para a tab seguinte)
  • Ctrl+Shft+Tab (seguir para a tab anterior)
  • Ctrl+1-9 (escolher um número para acessar a tab correspondente)

* Atalhos do mouse. Sim! Também há atalhos para o mouse! Seguem alguns dos mais comuns:

  • Botão do meio/scroll num link (abre uma nova tab com esse link)
  • Shift+scroll baixo (página anterior)
  • Shift+scroll cima (página seguinte)
  • Ctrl+scroll cima (diminui o tamanho do texto)
  • Ctrl+scroll baixo (aumenta o tamanho do texto)
  • Botão do meio/scroll numa tab (fecha a tab)

* Privacidade. Para aqueles que querem manter privacidade sobre os sites que acessaram. Para remover esses endereços, clique na barra de endereço (Ctrl+L), comece a escrever um endereço e na caixa de aparecer desçam até ao endereço que pretendem apagar e dê um Delete para que ele desapareça.
Se preferir apagar todos os dados pessoais (registros do histórico, endereços digitados, cookies e arquivos temporários), use a seqüência Ctrl+Shift+Del. Você ainda pode configurar o Firefox para fazer isso automaticamente toda vez que fechar o browser. Clique em “Ferramentas” > “Opções” > “Privacidade” > e marque a caixa “Limpar dados pessoais ao sair do Firefox”.

* Use o chrome. Se quer realmente deixar o Firefox com a sua cara é aqui que deve investir. Crie um arquivo com o nome “UserChrome.css” e costumize o browser. Não é muito fácil, mas você nós podemos ter uma excelente ajuda com este tutorial.

* Crie um arquivo user.js . Outro modo de costumizar o Firefox é através da utilização de um arquivo users.js. O arquivo deve ser criado no diretório de profile (veja aqui como podem descobrir onde fica o vosso profile) e veja este exemplo de um arquivo user.js que podem modificar à vontade. Este exemplo foi criado pelo site techlifeweb.com, e através dos comentários existentes em cada entrada explica o que cada item faz.

* about:config. Essa é a alma do Firefox. É aqui que se realizam as alterações de fundo! Muito cuidado com as alterações que fizer aqui! Elas podem inutilizar o Firefox, se você não souber o que está fazendo. Podem acessar a esta área de configuração escrevendo about:config na barra de endereço. Vejam página da Mozillazine referente a about:config para dicas e imagens.

* Aumente a velocidade do Firefox
. Se sua conexão for Banda Larga, você pode a utilizar para acelerar o Firefox. Para isso, pode realizar uma alteração que faça com que as páginas carreguem de modo paralelo, ou seja, em vez de carregarem elemento por elemento numa página podem carregar vários de uma vez. O Firefox, por padrão vem configurado para conexões discadas (mais lentas).Veja como alterar essas configurações

  • Escreva “about:config” na barra de endereço e dê um “Enter”. Escrevam “network.http” no campo de filtro e altere os seguintes parâmetros (duplo clique para alterar):
  • Altere “network.http.pipelining” para “true”
  • Altere “network.http.proxy.pipelining” para “true”
  • Altere “network.http.pipelining.maxrequests” para um numero à sua escolha. Por exemplo, 30. Este valor define que serão feitos 30 pedidos simultaneamente.
  • E ainda, clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar na tela e selecione “Nova Opção” > Inteiro. Dê o nome de “nglayout.initialpaint.delay” e defina o valor com “0?. Este valor define o tempo que o browser espera antes de começar a processar os dados que recebeu.

* Limite o uso de RAM. Se o seu Firefox está a consumindo muita memória do seu PC, você pode limitar o uso de RAM para o valor que quiser. Novamente, vá para a zona de configuração (about:config), digite no filtro “browser.cache” e selecione “browser.cache.disk.capacity”. Deverá estar definido para o valor 50000, mas pode diminuí-lo, dependendo da memória que tiver. Testem 15000 se tiver entre 512MB e 1GB de RAM.

* Reduza o uso de RAM quando o Firefox está minimizado. Esta alteração irá “mover” o Firefox para o HD quando o minimizar, ocupando com isso menos memória. Mais uma vez acesse a zona de configuração (about:config), botão direito do mouse onde quiser e selecione “Nova Opção” > “Boolean”. Atribua-lhe o nome “config.trim_on_minimize” e defina o valor como TRUE. É necessário reiniciar o Firefox para ativar essa alteração

* Mova ou remova o botão de fechar tab. Para evitar situações em que acidentalmente seja fechada uma tab pode mover ou remover o botão de fechar tab. Outra vez about:config. Altere as definições de “browser.tabs.closeButtons”. Os valores possíveis são:

  • 0: Mostra o botão de fechar tab apenas na tab activa
  • 1:(Default) Mostra o botão de fechar tab em todas as tabs
  • 2: Não mostra o botão de fechar tab
  • 3: Mostra o botão de fechar tab no final da barra de tabs (comportamento que o Firefox 1.x tinha)

Ainda não testei todas essas dicas, mas pretendo testá-las em breve. Á medida que for fazendo meus testes, atualizarei esse post com meu review e minha opinião sobre a alteração.

Visite meu novo site:

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *